Marketing de Conteúdo

Aprenda Marketing de Conteúdo para atrair e reter um público altamente segmentado e converter mais gastando menos.
Compartilhe
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Introdução

O marketing de conteúdo costumava ser apenas uma maneira de se diferenciar de seus concorrentes, no entanto agora, se tornou uma necessidade para qualquer marca moderna. Portanto, agora, você irá aprender o significado, elementos e como aplicá-lo em sua marca,  logo, procure uma posição confortável e continue a leitura.

INSCREVA-SE AGORA
E tenha acesso a este e outros conteúdos exclusivos diretamente no seu email.

O marketing de conteúdo está no centro das campanhas de marketing digital mais bem-sucedidas. Por trás de toda grande marca, há uma riqueza de conteúdo valioso e relevante que realmente se conecta ao público da empresa.

Estamos falando de um processo de criação de conteúdo valioso e relevante para atrair, adquirir e envolver seu público. 

Bilhões de conteúdos são postados diariamente na internet. Isso cria um ambiente de escassez de atenção, desafiando os profissionais de marketing com a tarefa de produzir conteúdo envolvente que não se perca na estática. 

Uma estratégia de marketing de conteúdo bem elaborada coloca sua empresa na posição de líder de opinião, construindo a preferência da marca ao informar e educar os compradores. Portanto, fornecer conteúdo útil e divertido pode formar um forte vínculo entre sua marca e os clientes, que continua a crescer e se fortalecer ao longo do tempo.

Marketing Tradicional x Conteúdo

No marketing tradicional, os profissionais têm que “prestar atenção” nas mídias de outras pessoas feitas em forma anúncios em sites, estandes de feiras ou e-mails enviados a listas de terceiros. 

Por exemplo, quando uma marca paga milhões de reais por um anúncio em um jogo de futebol ou em uma novela, ela está alugando a atenção que as redes de TV criaram. 

O marketing de conteúdo, por outro lado, permite que os profissionais de marketing se tornem editores criando seu próprio público e atraindo sua própria atenção. 

Logo, ao criar e distribuir o conteúdo que os compradores consideram útil, os profissionais de marketing aumentam a percepção e a preferência da marca, estabelecendo uma relação de confiança com os consumidores à medida que avançam no funil de vendas. 

Além disso, o marketing de conteúdo é considerado uma estratégia menos dispendiosa financeiramente do que algumas outras estratégias convencionais. Portanto, é possível começar um pouco mais devagar enquanto seu conteúdo cresce e atinge um público maior.

Mas você ainda pode estar se perguntando: por que o marketing de conteúdo é importante?

Para ajudar você a entender melhor a importância do marketing de conteúdo, compilei todo o meu conhecimento e os principais conceitos em um artigo bem completo e de fácil leitura.

O que é Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é uma abordagem estratégica de marketing focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, personalizado, relevante e consistente para atrair e reter um público altamente segmentado e, por fim, direcioná-los a tomar alguma ação.

Em vez de apresentar seus produtos ou serviços, você está fornecendo conteúdo realmente relevante e útil para seus clientes ou potenciais clientes, a fim de ajudá-los a resolver seus problemas. Isso gera conexão e reputação.

Um dos maiores benefícios que realmente mostra a importância do marketing de conteúdo é a ótima reputação construída a partir de um conteúdo de qualidade. 

Um esforço necessário

No movimentado mercado digital de hoje, é vital que as empresas se esforcem para conquistar a confiança de seus leads e clientes. Construir confiança pode ajudar sua empresa a estabelecer uma reputação positiva da marca.

Um ótimo conteúdo pode ajudá-lo a criar confiança com seus leads e clientes. Quando os consumidores leem seu conteúdo, eles começam a desenvolver uma opinião sobre sua marca. 

Se o conteúdo que eles encontrarem for atraente, educacional e valioso, eles começarão a pensar o mesmo sobre o seu negócio. Quanto mais valor você fornecer ao seu conteúdo, mais fácil será criar confiança com seu público-alvo.

Além disso, quando as pessoas começam a ver que você está publicando conteúdo de forma consistente em várias plataformas, elas passam a vê-lo como um líder no setor. A publicação de seus conteúdos por terceiros ou o compartilhamento de conteúdo com influenciadores também pode ajudá-lo a aumentar a confiança no seu mercado-alvo.

Atualmente, muitos profissionais de marketing se concentram no conteúdo vinculado à jornada de compra de um cliente, contudo, não produzem conteúdo personalizado dedicado a cada estágio do ciclo de compra ou ao público-alvo. 

O envio de mensagens personalizadas não significa apenas segmentar por critérios demográficos, mas também produzir proativamente conteúdo adequado para cada estágio da jornada do comprador. 

85% dos consumidores confiam em soluções que levam tempo para percorrê-los por vários caminhos em direção a decisões, em vez de apenas tentar fazer essa escolha por eles.

Portanto, esse tipo de conteúdo mostra aos consumidores que você reconhece e valoriza sua capacidade de avaliar e tomar decisões por si.

Para que serve o Marketing de Conteúdo

O foco do marketing de conteúdo é fazer uma abordagem completamente única para se envolver com clientes em potencial e resolver algumas dores (problemas) em comum no mercado digital. Listo a seguir algumas questões que ele resolve.

Como aumentar o volume da pesquisa orgânica

Seu público-alvo não pode comprar de você se não encontrarem você. Hoje, até 93% dos ciclos de compra começam em um mecanismo de pesquisa. 

Além disso, de acordo com a Kuno Creative, 51% do consumo de conteúdo deriva da pesquisa orgânica, portanto o marketing de conteúdo é uma ótima maneira de criar consciência orgânica. 

Quando seu conteúdo valioso é classificado em alto nível nos mecanismos de pesquisa ou é amplamente compartilhado nas redes sociais, você cria conhecimento de marca sem nenhum custo e, como seu conteúdo só será compartilhado quando for relevante, é importante que ele tenha alto valor para o leitor. 

Como criar preferência de marca

O envolvimento do marketing de conteúdo cria preferência por meio da liderança de pensamento, tornando-o uma fonte confiável de informações e educação. 

Você também pode criar preferência por meio de relacionamentos, que são fortalecidos sempre que seu conteúdo diverte ou ajuda seus compradores. As pessoas são mais propensas a comprar de empresas com as quais têm relacionamentos. 

Porque o plano de marketing de conteúdo não está engajando meus clientes

O marketing de conteúdo deve ajudar seus clientes, não vender para eles. Quando você oferece livremente ao seu público algo tão valioso que ele estaria disposto a pagar por isso, você cria confiança, que é a ferramenta de vendas mais poderosa. 

Como alcançar mais clientes mantendo os custos baixos

Hoje em dia os clientes desconfiam e se ressentem do marketing que os interrompe ou os intercepta. O envolvimento do marketing de conteúdo deve fazer parte de uma conversa natural com clientes atuais e potenciais, ser relevante para seus interesses e comportamentos e criar uma história contínua ao longo do tempo. 

O marketing de conteúdo paga dividendos por muito tempo, e esse efeito se multiplica à medida que você cria sua biblioteca de conteúdo. 

Como se mede o retorno do investimento (ROI) em campanhas de marketing de conteúdo

Em geral, o marketing de conteúdo pode ajudar a aumentar o tráfego da Web, oferecer suporte à qualificação de leads (especialmente quando o conteúdo é produzido por estágio do funil) e, finalmente, liderar conversões em vendas.

Mesmo quando o foco não está na venda, mas em captação de inscritos ou “cadastro”, onde a meta não tem um valor exato, ainda assim é possível medir tais conversões. Você pode atribuir um valor aproximado de cada lead e monitorar as conversões vindas dos seus canais de forma orgânica.

Um bom conteúdo influencia nas conversões

Se você está realmente se perguntando por que o marketing de conteúdo é importante , não procure mais, as estatísticas de conversão. Aqui estão apenas algumas das estatísticas que realmente falam da importância do marketing de conteúdo quando se trata de melhorar as conversões no site:

  • O marketing de conteúdo fornece taxas de conversão cerca de 6 vezes mais altas que outros métodos de marketing digital. (ABG Essentials)
  • Após lerem as recomendações em um blog, 61% dos consumidores on-line decidem fazer uma compra. (Content Marketing Institute)
  • De acordo com 74% das empresas pesquisadas, o marketing de conteúdo aumentou suas oportunidades de marketing, tanto em quantidade quanto em qualidade. (Curata)
  • O conteúdo de vídeo pode ajudar a fornecer um ótimo ROI e aumentar significativamente as conversões, de acordo com 72% das empresas pesquisadas. (CrazyEgg)
  • Os profissionais de inbound marketing conseguem dobrar a taxa de conversão média do site (de 6 para 12%), em parte devido a seus esforços de marketing de conteúdo.

Conecte-se e eduque seus Leads

O marketing de conteúdo ajuda a melhorar as conversões porque permite que você se conecte e eduque seus leads e clientes. Você não apenas trabalha para criar confiança e relacionamentos, mas também incentiva as conversões, fornecendo aos consumidores as informações necessárias para tomar uma decisão de compra instruída.

Para otimizar seu conteúdo para conversões, inclua uma frase de chamariz clara. Seu CTA (do inglês “Call to Action), ou, Chamada para Ação,  informa ao leitor o que ele precisa fazer a seguir, orientando-o para a próxima etapa do processo de conversão. 

Se a conversão significa fazer uma compra, obter mais informações ou se inscrever em um formulário, é importante deixar claro para o leitor no conteúdo o que você deseja que ele faça em seguida.

Uma máquina de gerar Leads

A geração de leads é importante para pequenas e grandes empresas que dependem de tráfego consistente para aumentar sua marca e aumentar as vendas. O marketing de conteúdo não é apenas ótimo para geração de leads, mas também é acessível.

Embora o marketing de conteúdo custe cerca de 62% menos do que as táticas tradicionais de marketing, ele gera cerca de três vezes mais leads, de acordo com o DemandMetric.

A acessibilidade do marketing de conteúdo faz com que seja uma tática necessária para pequenas empresas que desejam maximizar seu orçamento.

É importante observar que o marketing de conteúdo leva muito tempo e também pode demorar um pouco para ver os resultados de seus esforços. Podemos atestar isso quando se trata de SEO. 

No entanto, quando se trata de criar conteúdo de qualidade, o caminho a percorrer pode ser ligeiramente longo. De fato, de acordo com o Social Media Examiner, mais de 81% dos profissionais de marketing descobriram que experimentaram um aumento no tráfego investindo apenas 6 horas por semana em seu conteúdo de mídia social.

ROI irresistível

O marketing de conteúdo não é apenas uma tática acessível, mas também fornece um ROI que as pequenas empresas simplesmente não conseguem ignorar.

É fácil ver a importância do marketing de conteúdo quando você considera o retorno do investimento. Como a criação de conteúdo é bastante acessível e altamente eficaz, muitas pequenas empresas terão um ROI impressionante em seu marketing de conteúdo ao longo do tempo, de modo que, real por real gasto, os esforços de marketing de conteúdo produzem três vezes mais leads que os anúncios de pesquisa paga.

A chave para maximizar o ROI do conteúdo é criar uma estratégia de marketing que leve em consideração seu mercado-alvo. Você nunca deve apenas criar conteúdo para criar conteúdo. Se você deseja obter o retorno do seu dinheiro, seu conteúdo deve ser estratégico nos tópicos que você escolher, tipos de ativos que você produz e métodos de promoção.

Construtor de autoridade

Os consumidores querem saber que estão lidando com especialistas que conhecem os meandros da indústria. 

Essa é outra resposta para a importância do marketing de conteúdo . Desta forma ele permite que sua marca demonstre sua experiência no campo, fornecendo um conhecimento valioso que pode ajudar os leitores a tomar uma decisão de compra mais instruída.

Toda vez que você publica uma nova postagem no blog, white paper ou outro conteúdo, você mostra aos clientes e leads o quanto sabe sobre o setor e os desafios que eles enfrentam. 

Quando chegar a hora de fazer uma compra, os consumidores lembrarão da marca que forneceu as informações necessárias para entender melhor seus problemas, soluções e outras opções.

Digamos que tudo se resume a comprar de uma empresa que publica conteúdo consistente, educacional e informativo ou que não possui conteúdo. 

É mais provável que o consumidor compre da empresa que demonstrou seu conhecimento e experiência. Dessa forma, eles podem ficar tranquilos ao saber que estão sendo atendidos por especialistas do setor, que podem responder suas perguntas e solucionar facilmente quaisquer problemas.

Marketing de Conteúdo gera relacionamento

O marketing de conteúdo é uma ótima ferramenta para criar relacionamento com seus clientes.

Anteriormente, discutimos como o conteúdo é parte integrante da construção da confiança e do estabelecimento de uma reputação positiva da marca. Isso pode ajudar você a aumentar seu público e alcançar novos leads.

Mas e aqueles que já compraram de você? Clientes repetidos são o pão com manteiga de muitas pequenas empresas. 

Atualmente, 61% das pequenas e médias empresas dizem que metade de sua receita é proveniente de clientes recorrentes. Além disso, um cliente fiel vale, em média, até 10 vezes mais que sua primeira compra.

É claro que clientes fiéis não são nada além de uma vantagem para seus negócios. Se as vendas repetidas representarem uma parte significativa da receita da sua empresa, você precisará encontrar maneiras de fortalecer seu relacionamento com os clientes atuais.

É aí que entra o marketing de conteúdo no fornecimento de um conteúdo de qualidade leads que se tornaram clientes. 

O real valor do seu conteudo

O conteúdo que agrega valor à sua base de clientes ajudará a aumentar a lealdade à marca, fortalecendo os relacionamentos que você tem com os clientes. Isso pode incentivar vendas repetidas e ajudá-lo a estabelecer poderosos defensores da marca.

Como você pode perceber, os clientes não apenas se sentem mais positivos em relação a uma empresa com conteúdo personalizado, como também se sentem mais próximos dessa marca.

Então, que tipo de conteúdo é melhor para criar relacionamentos de marca? Recursos como vídeos de instruções e outros tipos de conteúdo visual informativo podem ajudar seus clientes a aproveitar melhor seus produtos ou serviços. Quanto mais valor obtiverem, maior será a probabilidade de retorno.

Guias e comparações de marcas são outro ótimo exemplo de conteúdo que pode ajudar a fornecer mais valor aos seus clientes. Ao ajudá-los a tomar decisões de compra mais inteligentes, você está trabalhando para criar mais confiança e incentivar vendas repetidas.

Formatos do Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo pode assumir várias formas e, para fazer o certo, você precisa determinar que tipo de conteúdo seus compradores em potencial preferem consumir.

Postagens no blog

O blog da empresa pode e deve ser usado para promover outros conteúdos, o que ajudará a manter as postagens em uma programação consistente. Se você não possui um membro da equipe de marketing familiarizado com SEO, essa é uma área em que você pode consultar um profissional. 

Ebooks

O conteúdo do e-book deve seguir algum tipo de estrutura narrativa e incluir muito bom design visual. O objetivo de um e-book é educar, mas é importante manter uma linguagem consistente com a voz da sua marca.

Vídeo

O truque para usar efetivamente o vídeo como parte de uma estratégia de conteúdo é mantê-lo o mais atemporal possível, ou seja, não fixar datas ou épocas, para ele tenha validade permanente e você não precise ficar recriando o mesmo vídeo várias vezes. Também é possível usar conteúdo de vídeo de alta qualidade para expor sua marca ao grande público do YouTube. 

Infográficos

Use o mínimo de texto possível e deixe as imagens contar a história. Se você não possui um artista gráfico matador, encontre um freelancer talentoso que possa fazer algo bonito e informativo.

Workbooks e templates

Esses recursos são ótimas maneiras de manter sua marca na frente dos compradores e continuar informando. Eles devem ser projetados para impressão e feitos da maneira mais interativa e prática possível. 

White papers e relatórios

Esses materiais são semelhantes a um e-book, pois são principalmente educacionais, mas os relatórios e documentos técnicos (white papers) geralmente são menos projetados graficamente e usam linguagem um pouco mais profissional. Eles também podem criar oportunidades de parceria com outras organizações. 

Slide decks

Os slide decks são um ótimo formato para dividir idéias complexas em etapas simples ou em pedaços pequenos. Mantenha os slides simples: use o mínimo de texto em uma fonte e grandes gráficos por toda parte. 

Estudos de caso

Crie estudos de caso com números reais e histórias completas. Isso ajudará a manter o conteúdo focado no valor e nos resultados, não na marca. 

Demonstrações. É aqui que uma avaliação, avaliação ou avaliação gratuita funciona bem para iniciar o diálogo e começar a qualificar totalmente seus leads mais interessados. Se você possui um produto baseado em comércio eletrônico, pode aproveitar um código de desconto para usar no momento da transação para estabelecer alguma urgência em fazer a compra. 

Canais de distribuição

Próprio: compartilhar seu conteúdo nos canais de mídia social da própria marca – como Facebook, Twitter, LinkedIn ou Pinterest – é uma oportunidade rápida, personalizável e gratuita para se conectar ao seu público-alvo. 

Orgânico: a inserção de algumas práticas recomendadas de SEO em seu conteúdo ajudará a causar uma boa impressão no Google e a elevar seu site à lista de classificações. A força de uma boa estratégia de marketing de conteúdo é fornecer as informações e respostas que seu público-alvo está procurando, para garantir que eles possam encontrá-lo.

Pago: a maioria das redes sociais permite algum tipo de publicidade paga, como conteúdo patrocinado, PPC, pay-per-click (PPC), marketing em mecanismos de busca (SEM), exibição e redirecionamento. Combinar os dados demográficos de uma rede com as personas da sua marca ajudará você a determinar onde investir. 

Compartilhável: este é o mais valioso, mas mais difícil de criar. A promoção de mídia social compartilhável acontece quando seu público escolhe compartilhar seu conteúdo com a rede deles, devido ao alto valor agregado.

Marketing de Conteúdo: o verdadeiro ROI

Embora o Retorno sobre o Investimento (ROI) do marketing de conteúdo possa ser um pouco complicado de medir, o valor que ele fornece é claro se você procurar no lugar certo. Como por exemplo.

  • O marketing de conteúdo é essencial. Noventa e dois por cento dos profissionais de marketing relatam que sua empresa vê o conteúdo como um ativo comercial, segundo o Content Marketing Institute
  • O marketing de conteúdo cria credibilidade . Noventa e seis por cento dos profissionais de marketing de conteúdo mais bem-sucedidos concordam que seu público enxerga a organização como um recurso confiável. 
  • O marketing de conteúdo gera leads. Ele cria três vezes mais leads do que a publicidade de pesquisa paga, já que o público é altamente engajado.  

Como criar seu plano de marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma estratégia de longo prazo; portanto, embora você possa ter um início lento, cada um desses estágios é absolutamente vital para garantir que você tenha uma base sólida para se preparar para o sucesso. 

Etapa 1: crie seus principais perfis de persona

Que tipo de conteúdo você precisa? Suas personas de compradores ajudarão você a definir seu público-alvo, seus desafios, perguntas, necessidades e o tipo de conteúdo que eles gostam de consumir, enquanto os estágios de compra informam o que cada conteúdo deve realizar.

Etapa 2: entenda a jornada do comprador

Uma jornada de compra mapeia o processo de tomada de decisão de um comprador durante uma compra e ajuda a determinar o conteúdo necessário. Diferentes tipos de conteúdo atraem diferentes compradores em diferentes estágios de sua jornada. 

Ao mapear suas etapas de compra, você entenderá melhor o processo que os compradores passam ao considerar seu produto ou serviço. Como resultado, você poderá desenvolver uma estratégia de conteúdo que fale diretamente com os compradores, independentemente do estágio em que estejam.

Use diferentes gatilhos mentais para atrair a atenção e persuadir seu prospecto. Sugiro você ler o artigo que falo sobre Copywriting e ensino os fundamentos dessa técnica de escrita focada em vendas.

Etapa 3: faça um brainstorming e crie seu plano de marketing de conteúdo

Planejar e criar novo conteúdo não é apenas mapeamento e métricas. O brainstorming e o planejamento de ativos podem ser uma das partes mais desafiadoras e importantes da criação de conteúdo. 

Para se inspirar, você precisará de um ambiente receptivo e de toda a equipe para pensar em coisas novas. Um calendário editorial não é apenas onde você monitora, coordena e compartilha seu conteúdo futuro, é uma ferramenta estratégica que ajuda sua equipe a executar programas integrados que incluem seu conteúdo. 

Manter um calendário editorial garante que você libere seu conteúdo no melhor momento possível e que toda a equipe esteja alinhada com as datas de lançamento. 

Etapa 4: produza e otimize seu conteúdo

Se você está começando com um conteúdo original e de alta qualidade que investiu tempo e dinheiro para criar, aproveite ao máximo cada recurso. Você também deve garantir que seu conteúdo permaneça atualizado. 

Deixar no ar que não é mais relevante, prejudica a credibilidade da sua marca. Para garantir que você aproveite ao máximo seu marketing de conteúdo, lembre-se dos três R’s:

  • Reorganizar: essa não é apenas uma maneira eficiente de gerar novo conteúdo; também é uma maneira inteligente de alcançar membros do público que gostam de consumir conteúdo de maneiras diferentes. Algumas pessoas para quem você está comercializando podem gostar de e-books, enquanto outras preferem infográficos. Dividir o conteúdo em tipos diferentes permite alcançar mais pessoas com menos esforço.
  • Reescrever:  sempre que um ativo apresentar uma alta performance, marque-o para uma atualização futura. Eventualmente, o engajamento começará a diminuir – um bom sinal de que é hora de atualizar. 
  • Remover: Mesmo o melhor conteúdo não dura para sempre. Se um ativo de conteúdo não consegue mais o um engajamento satisfatório mesmo passando por uma atualização de escrita ou design, talvez seja hora de se aposentar. O conteúdo que já passou da data de validade danifica a autoridade e a credibilidade da sua empresa – desfazendo todo o bom trabalho que o seu conteúdo já fez.

Etapa 5: publique e acompanhe

O conteúdo de cada estágio do funil deve ser medido de maneira diferente – afinal, cada estágio tem objetivos diferentes. Aqui estão as métricas básicas para o conteúdo inicial, intermediário e final:

  • As métricas de estágio inicial (topo do funil) não estão diretamente ligadas à receita. O objetivo do seu conteúdo em estágio inicial é aumentar o reconhecimento da marca; crie preferência para sua marca;  educar, divertir e envolver seu público. Os compartilhamentos, downloads e visualizações informam se o seu conteúdo está atraindo atenção e se as pessoas gostam do que veem.
  • Métricas de estágio intermediário e final (meio e base do funil), usados como pipeline, oportunidade e alocação de receita, fornecem uma visão de como seu conteúdo afeta as transações. Para ativos intermediários, convém avaliar como seu conteúdo está gerando novos interesses e afetando seu lucro.

É hora de agir

Com todos os benefícios descritos acima, é fácil ver por que o marketing de conteúdo é importante para empresas de todos os tamanhos. O marketing de conteúdo não apenas ajuda a aumentar a visibilidade, mas também pode ajudá-lo a construir relacionamentos mais fortes com seus leads e clientes.

Se você realmente deseja ver a importância do marketing de conteúdo em ação, é hora de começar. Trabalhe no desenvolvimento de uma estratégia de marketing de conteúdo que foque em seu público-alvo. Em seguida, você pode criar um conteúdo valioso que ajuda a aumentar as conversões e melhorar a retenção de clientes.

Se você quer saber mais sobre o Marketing de Conteúdo, em como ele pode te ajudar em estratégias mais ousadas, peço que se inscreva na nossa lista VIP de profissionais de marketing. Lá eu envio muitas informações relevantes para você aplicar no seu negócio.

O formulário tá aqui em baixo. Se inscreve lá.

Gostou do que leu? Agora se inscreva na minha lista VIP!

O conteúdo foi útil? Compartilhe com seus amigos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Alguma dúvida ou opinião? Deixe seu comentário.